CRIME: Kudurista morto com duas facadas no pescoço pelo amigo

 

Kudurista morto com duas facadas no pescoço pelo amigo
Kudurista morto com duas facadas no pescoço pelo amigo

Alberto Filipe Domingos Manuel, de 19 anos, kudurista, conhecido no mundo artístico como Betisaldo Francês, membro do grupo Kina Dance foi assassinado com duas facadas no pescoço por um amigo. Excesso de álcool, drogas e a venda de um telemóvel ter sido o mote para a violenta discussão entre a vítima e um amigo.

A vítima esvaiu-se em sangue na rua e morreu na hora, o alerta foi dado por volta das 20:45 de sábado, 14, na rua de Macau, bairro da Terra Nova, distrito do Rangel, em Luanda, tendo o agressor fugido antes da chegada da polícia e dos efectivos do Serviço de Investigação Criminal (SIC).

Segundo fonte policial, Betisaldo Francês era consumidor regular de liamba e de outras drogas; tal como o homicida cujo nome não foi revelado.

A tia do jovem homicida, de 18 anos, residente no bairro da Terra Nova, depois de se aperceber que o sobrinho assassinou o amigo, abandonou a sua residência para não sofrer represálias por parte dos familiares da vítima.

Família e amigos dos jovens envolvidos estão em choque: "Estiveram a conviver num bar antes de tudo acontecer, juntos, sem problemas. Se calhar já tinha tudo planeado para matar o meu amigo e vizinho Betisaldo", diz Gemima Pedro, em lágrimas.

Passadas mais de 48 horas, o crime ainda não chegou ao conhecimento do Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional (PN), segundo o director do gabinete de comunicação institucional e imprensa, superintendente Nestor Goubel.

Créditos: angola-online

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.

Top Post Ad

Below Post Ad